Não trate o amor distante como barreira para amar.

Fazer planos com alguém é tudo de bom né gente? Nossa, que paixão louca aquela que eu me desmancho em caminhos imaginados com ele. Me lembro do meu último namoro em que planejamos dividir apartamento em São Paulo para mudar de vida de vez. Sabe aquela vontade louca de terminar a faculdade no interior e se jogar na cidade grande para crescer profissionalmente? Acontece que meus planos com ele se tornaram lembranças encostadas, já que eu terminei a facul e acabei ficando aqui na minha cidade mesmo. Mas claro, não deixei de sonhar, mas esse sonho já não era mais com ele.

Na maioria das vezes o que a gente planeja acaba tomando outro rumo, e talvez um namoro também siga outro caminho ou até mesmo termine por conta da distância. Eu entendo os dois tomarem a iniciativa de terminar, já que não é saudável quando um namoro sólido é abalado.

O término é uma escolha, mas a distância não tem que ser levada tanto em consideração, já que é um novo rumo que o casal está tomando por escolha de algum deles ou até mesmo dos dois. Nossos planos pessoais ás vezes não batem com o do outro, e aceitar isso é o primeiro passo para tratar a sua vida pessoal e profissional com mais leveza. Só não pode criar a barreira do ‘’não vou me apaixonar por ninguém dessa cidade pois logo vou embora dela’’ não! Sei que você pode se sentir sozinha, sentir falta dos pais, e da sua melhor amiga, é mais do que normal. Entenda que ciclos na vida nós vamos ter vários, mas talvez aquela pessoa que vá te fazer sorrir será apenas uma vez, naquela cidade, naquele bairro, naquele apê.